alpe d huez tour de france

O Tour de France na Alpe d’Huez: Uma Competi??o Emocionante

Introdu??o

O Tour de France é uma das competi??es mais emocionantes e desafiadoras do ciclismo mundial. E entre os diversos estágios e etapas do tour, um destaca-se como um verdadeiro teste para os ciclistas – a famosa subida ao topo da montanha Alpe d’Huez. Neste artigo, exploraremos a história, as características únicas e as emo??es que envolvem o Alpe d’Huez Tour de France.

História do Alpe d’Huez no Tour de France

A montanha Alpe d’Huez é um local lendário nas corridas de ciclismo desde que fez sua estreia no Tour de France em 1952. Com uma inclina??o média de 8.1%, essa subida íngreme tornou-se conhecida por testar a resistência e a habilidade dos ciclistas.

A primeira vitória no Alpe d’Huez foi conquistada por Fausto Coppi, um lendário ciclista italiano, estabelecendo um padr?o para futuras conquistas impressionantes. Desde ent?o, nomes notáveis como Bernard Hinault, Lance Armstrong e Marco Pantani deixaram suas marcas nas encostas da montanha.

Características únicas da subida

O Alpe d’Huez é muito mais do que apenas uma montanha para os atletas escalarem. Possui 21 curvas numeradas, cada uma com o nome de um vencedor passado, como “Curva Coppi” e “Curva Pantani”. Essas curvas fornecem aos ciclistas uma referência visual e estimulam seu espírito competitivo, à medida que se aproximam do topo.

Além disso, a jornada ao longo da subida é acompanhada por uma plateia incrivelmente apaixonada e vibrante. Centenas de milhares de espectadores se reúnem ao longo das curvas do Alpe d’Huez para torcer e encorajar os ciclistas em sua batalha árdua contra a montanha. A energia do público cria uma atmosfera única e inesquecível, impulsionando os competidores a darem o melhor de si.

Emo??es intensas no Alpe d’Huez

O Alpe d’Huez no Tour de France é conhecido por sua atmosfera eletrizante e momentos emocionantes. As batalhas épicas entre os ciclistas durante a subida s?o espetáculos inesquecíveis de resistência, estratégia e for?a.

O aspecto mais emocionante da subida ao Alpe d’Huez é o chamado “Tour Caméléon” (Tour Camale?o). Devido à varia??o de temperaturas ao longo da subida, os espectadores costumam criar um corredor humano com len?óis d’água nas laterais para refrescar os atletas. Essa tradi??o cria uma experiência única de intera??o entre os f?s e os ciclistas.

Outro momento emocionante é a famosa Curva 7. Conhecida como “Asfalto Holandês”, esta parte da subida fica lotada de f?s holandeses entusiastas, formando um muro laranja vivo de apoio aos seus compatriotas. O ruído ensurdecedor das buzinas, tambores e vozes de encorajamento torna esse trecho especialmente emotivo tanto para os ciclistas como para os espectadores.

Conclus?o

O Tour de France na Alpe d’Huez é uma competi??o que vai além do esporte. A subida empolgante, as curvas numeradas, o entusiasmo da multid?o e as batalhas épicas tornam essa etapa realmente inesquecível. Os ciclistas enfrentam desafios físicos e mentais enquanto competem pela vitória no topo da montanha.

Para os f?s de ciclismo, o Alpe d’Huez é um lugar sagrado, onde a paix?o e o espírito competitivo se unem de maneira única. O Tour de France nesse cenário oferece uma experiência emocionante, que permanece no cora??o dos ciclistas e espectadores muito após o término da competi??o.